Qual a diferença entre conteúdo Autoral e conteúdo Replicado? Produzindo conteúdo original para blogs

parte-quebra-cabecaUm debate sempre recorrente entre blogueiros é sobre originalidade e a luta eterna que temos contra os plagiadores. São dois estremos de um briga que acaba por causar confusão. Quando falamos de "conteúdo original" há dois modelos a serem seguidos: conteúdo Autoral e conteúdo Replicado. Este segundo prefiro chamar de "Conteúdo Ampliado". Veja como isso é importante para a originalidade de seu blog. [ AudioPost ]

Inscreva-se no nosso Canal no Youtube p/ assistir vídeos sobre Blogs.

Quer saber como GANHAR Dinheiro com Blog? Leia este artigo onde explico passo a passo tudo o que você precisa saber sobre monetização de Blogs: "Como GANHAR Dinheiro com Blog".

 

Você pode ouvir esse post:

 

Estava visitando o blog do Eden Wiedemann (@RealEden) – Um passinho à Frente – e encontrei um post com um assunto que achei relevante para você que acompanha o [ Ferramentas Blog ]:

  • Toda a dificuldade por trás do conteúdo autoral

 

Não vou ficar aqui debatendo novamente sobre questões de plágio, roubo de conteúdo e duplicação ou direitos autorais. Tudo isso já foi amplamente respondido em vários posts que recomendo serem lidos:

 

Autores de blogs que querem ser levados a sério precisam se preocupar com uma única coisa: ser original. Nesse modelo ideal de criação de conteúdo temos duas linhas a serem seguidas:

 

– Conteúdo Autoral = É todo aquele conteúdo, seja em forma de texto, imagem, áudio ou vídeo (bem como qualquer outra forma de criação) que não tem precedente. É fruto do trabalho de criação, de criatividade.

 

– Conteúdo Replicado / Ampliado = Surge quando algum tema ou assunto que foi desenvolvido por alguém é recriado, debatido, aprofundado por terceiros. Isso é comum no jornalismo: produz-se uma notícia e outros fazem análises da informação, que é replicada, ampliada.

 

Nos dois casos o conteúdo gerado é original, mas são substancialmente diferentes e a forma como são criados também é diferente.

 

O mais comum que vemos é o modelo "Replicado/Ampliado", que normalmente surge derivado de um conteúdo "Autoral". Nos valemos do que outros já produziram e, sem copiar, mas citando, elaboramos nosso conteúdo. Mais ou menos o que fiz aqui com o artigo do Eden, que usei como base e fonte para este artigo.

 

A grande dificuldade da maioria é que, produzir conteúdo original em ambos os modelos, exige tempo, dedicação, criatividade e pesquisa, muita leitura. Os menos preparados, mais ignorantes e limitados acabam indo pelo caminho do puro plágio. Alguns até alegam que "citaram a fonte, então não é plágio". Mas fica o aviso: É PLÁGIO, roubo de conteúdo e duplicação simplesmente copiar e colar o que outros fizeram.

 

Quer ser blogueiro sério? Então crie seu conteúdo! Seja original e relevante para seu público alvo.

 

Alguns posts sobre originalidade:

30 Comentários

  1. Marcos, Marcos, Marcos… considero tão tênue a linha que separa os dois tipos de conteúdo abordados aqui no seu artigo que me atrevo a dizer que dá pra contar nos dedos os que realmente sabem diferenciar… Essa retomada de discursos internalizados, às vezes, foge do raciocínio lógico. Parei, confesso, de me preocupar com esse tipo de discussão justamente por não saber bem definir essa linha. Aquilo que foi proposto por nós quando refutamos o artigo do Custódio mostra bem como o assunto pode ter diferentes ângulos de visão. Confesso que favoritei o link e quero falar disso, mas temo repetir aquilo que você disse aqui. De qualquer forma, seu texto tem qualidades irrefutáveis.

    Responder

  2. Ótimo post Marcos!
    Tratar de um assunto polêmico no mundo virtual! Mas, com certeza pertinente! Poucos predispõe-se a abrir espaço a tal discussão, ou melhor a tal "reflexão"!
    Parabéns pelos indispensáveis posts!!
    Abarços,
    Paulo Zerbato.

    Responder

  3. É muito importante com certeza ter conteúdo original, forma do nosso blog ter algo que possa se diferenciar dos demais que trabalham no mesmo nicho que a gente. Essas duas formas de criar conteúdo original são muito boas, não entendo porque ainda tem gente plagiando conteúdo de outros blogs/sites.

    Abrçs!

    Responder

  4. Olá marcos, primeiramente queria dizer que é muito bacana essa sua idéia de colocar player de áudio em seus posts. Eles ficam muito mais "atraentes".
    Ao terminar de ler seu post, despertou em mim uma dúvida enorme. Como você mesmo sabe, o foco principal do meu blog é ensinar meus leitores a usarem o photoshop, em alguns casos busco tutoriais em inglês ou em outras línguas e os traduzo, melhoro as explicações mas uso as mesma imagens (Mas acabo colocando o Copyright nas imagens para meu blog). E no inicio ou final de cada postagem cito de onde retirei aquele tutorial. Isso seria plágio? Devo parar de fazer isto?
    Até mais marcos

    Responder

  5. @Wesley,
    Acredito que seu exemplo é bem pertinente.
    Não é plágio, mas é roubo de conteúdo. Você usa criação de outros (mesmo citando a fonte) e faz parecer seu (mesmo que essa não seja a intenção). O melhor é você aprender com esses outros blogs, citar a fonte e você mesmo refazer as etapas, recriar o tutorial com suas próprias imagens e adicionar mais informação.

    Uma outra coisa importante é entrar em contato com os autores dos tutoriais que você "traduz" e pedir permissão para usá-los como modelos.

    Responder

  6. No meu blog falo sobre dança…e existe muitos materiais de pesquisa que simplesmente se completam para falar sobre determinado assunto. Não tem como separar as matérias, porque muitas vezes se fala de estilos de dança milenares e historicamente pesquisados a fundo. So me resta colocar de uma forma fácil para que meu público possa estudar sobre o assunto. Dependendo do assunto não dá para colocar minha opinião porque não se pode mudar a história da evolução do tipo de dança, por isso coloco partes do texto pesquisado, na integra e sito a autoria.

    Responder

  7. Marcos,

    Uma dúvida: no meu blog Administrologia (é um blog recente, ainda não tem 30 postagens) costumo publicar citações de livros e artigos que leio, citando a fonte inclusive. Minha intenção é montar uma base de dados própria para que no futuro possa usá-lo para trabalhos acadêmicos ou mesmo artigos científicos. Dessa forma, poderia usar o próprio google em meu blog para encontrar rapidamente as referências que preciso para montar um trabalho acadêmico. Não quero "duplicar" conteúdo, mas acabo reproduzindo ipsis literis o texto original, citando a fonte. Há problemas legais nisso? Devo parar de faze-lo?

    Responder

  8. @Bruno Saavedra,
    Precisa ter cuidado com Direitos Autorais das obras e textos que você usa e cita (mesmo quando indica a fonte). Nem tudo pode ser simplesmente copiado ou usado.
    Pense nos trabalhos acadêmicos: há regras para citar textos de terceiros. Use essa lógica.

    Responder

  9. Sempre peço a permissão para o author das postagens, mas dificilmente recebo retorno.
    Afinal uso apenas as mesmas imagens e o texto é completamente de minha autoria. Acha que devo é para de colocar o Copyright? ou não?

    Responder

  10. @Wesley,
    Nunca pare de citar as fonte e dar créditos de tudo o que usar de terceiros.
    Mas o melhor mesmo é começar a produzir por si mesmo seu conteúdo sem depender do que outros já fizerem.

    Responder

  11. Ok, vou trabalhar a respeito disso, vou tentar formar uma parceria com os blog de onde busco conteúdo e ter a PERMISSÃO dos mesmos para publicar/editar o conteúdo citando cada item. (imgs, texto, inspiração, etc.)
    Obrigado Marcos, você expande o horizonte dos blogueiros. Até mais

    Responder

  12. Tenho uma dúvida e gostaria de saber se neste caso também se pode chamar de plágio: entrei em contato por e-mail com alguns sites, dos quais gostei muito dos textos e pedi permissão para postar alguns em meu blog.
    Apenas dois retornaram o contato me autorizando por e-mail para postar seus textos.
    Neste caso, ainda assim o que estou fazendo pode ser considerado plágio mesmo com o consentimento do dono do site e colocando um link direto do site em questão de onde foi retirado o texto, citando fonte?

    Responder

  13. @Genilda Silva,
    Quando você tem a permissão dos autores não é plágio, nem viola direitos autorais. Mesmo assim você continua obrigada a citar a fonte de seu conteúdo de forma clara, visível e direta, informando seus visitantes de quem é o conteúdo em cada post que você publica.

    Mas há um problema nisso que é a DUPLICAÇÃO de CONTEÚDO. Isso é punido pelo Google e outros buscadores. Duplicar conteúdo não é bom e você pode ter seu blog banido.

    Veja o artigo que escrevi sobre isso:
    – Sobre conteúdo duplicado e punições da Google
    http://www.ferramentasblog.com/2009/08/sobre-conteudo-duplicado-e-punicoes-da.html

    Responder

  14. Esse player é mais atraente que o outro, qual site você faz o serviço? acho que seriviria bem para meu site.

    No meu caso que tenho um blog sobre educação/saúde de nível universitário, escrevo muito textos baseados em livros, adciono frases de professores e ideias de autores, isso seria uma forma de plagio ou conteúdo roubado?

    Responder

  15. Todo iniciante passa por problemas com plágios na blogosfera até mesmo porque os grandes sempre querem derruba-los! Mas todos aprendemos com as dificuldades e com os artigos do Ferramentas Blog – rs rs rs

    Muito bom esse artigo!

    Responder

  16. @Lucas Queiroz,

    Uma coisa é citar trechos, como fazemos num trabalho acadêmico. Damos os créditos e colocamos a origem. Não é copiado algo na íntegra.

    Responder

  17. O chato pra mim é por exemplo como esta acontecendo criei meu blog semana passada ai fui no whos amung por curiosidade pra ver quantas visitas online meu blog tava e vi que já teve gente copiando literalmente copiando meus posts.

    Responder

  18. putz!!!! já gritei tanto contra esse copia/cola/credita que perdi a conta.
    e os danados argumentam até a morte que copiar/colar/creditar não é má idéia.
    não é o c …
    eu dou meu sangue pra produzir meus textos e vem carinha fazer isso e, ainda por cima, quer ter razão?????

    esse seu texto precisa ser muito divulgado. bj.

    Responder

  19. Pingback: Como ser original e único em meio a tantos blogs iguais | [ Ferramentas Blog ]

  20. Pingback: Player MP3 em Flash para Blogs – DewPlayer | [ Ferramentas Blog ]

  21. Ola amigo Marcos; muito bom esse seu “blog”; conheci a alguns dias e estou aprendendo muito com vcs..
    O q me despertou no dia de hj foi ler sobre conteudos duplicados e as punicoes do google..
    Meu site tem 4000 posts; e 80% deles são noticias copiadas de outros sites, sempre no final eu cito as fontes; e sempre gostei q outros copiassem meus textos e citassem o meu site no final deles…. Mas como vcs disse qo google vai punir os plagiadores… me desesperei fiquei triste..rsrsrs…. mas eles estao certos…
    VCS PODERIAM DAR ALGUMAS DICAS DE COMO FAZER UM “Conteúdo Replicado / Ampliado” ?Meu site é de noticias e artigos religiosos; geralmente os artigos eu msm sou o autor, mas as noticias eu copio e coloco a fonte.. Me dê algumqs dicas… se possivel faça um post com o assunto ” Como fazer um conteudo replicado e ampliado” obrigadooo

    Responder

  22. Pingback: Blogueiro precisa de Identidade? E o Plágio na Blogosfera? | oSabeTudo.com

  23. Marcos, acompanho seu trabalho há algum tempo e tem me ajudado muito nessa caminha de blog. Procuro policiar-me ao máximo sobre o plágio. Minha dúvida é parecida com o do Thiago acima. Como usar “Conteúdo Replicado / Ampliado” sem cometer plágio. É que sou acadêmico de jornalismo e quero trabalhar com blog. Aí, por exemplo, como fazer para pôr no meu blog matérias que achei em outros sites/blogs e queira repassar aos meus leitores. Blogs jornalísticos fazem esse tipo de coisa, mas não sei como fazê-lo. Veja, por exemplo o Blog do Noblat. Lá ele posta várias matérias de diversas pessoas. Como usar esse recurso sem violar a lei? Se você considerar minha pergunta como consultoria e quiser cobrar por isso, tudo bem. Informe-me como te pagar que o farei. Só estou interessado em aprender a usar esse tipo de recurso. Abraços.

    Responder

  24. Pingback: Podemos copiar ideias de outros Blogs e Sites? | [ Ferramentas Blog ]

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.