Como rastrear visitas dos botões do Facebook e Twitter no Google Analytics

Agora é possível usar o Google Analytics para acompanhar os dados de visitas específicos gerados nas redes sociais, como o Twitter e o Facebook. Você pode acompanhar os cliques dos botões de “Curtir” e de “Retweet” (RT) que acontecerem em seu Blog, tudo pelo painel do Analytics e específico para o seu trabalho. Veja como ativar essas funções e os códigos necessários.


O Google Analytics é praticamente o melhor serviço de análises de visitas que um blog ou site pode ter (Criar conta no Google Analytics). Mesmo assim continuam melhorando sempre mais. Já mostramos aqui algumas dessas melhorias que ajudam você a entender o tráfego em seu blog:

Para nós blogueiros, uma informação muito importante é saber a influência e propagação de nossos links nas redes sociais e como isso impactou os visitantes. O Facebook e o Twitter são grandes ferramentas de conversão e de visitas, mas estávamos limitados a saber apenas o número de cliques nos botões desses serviços.

Então o Google Analytics acaba de adicionar novos códigos de rastreamento que avaliam exatamente o que acontece quando alguém clica nesses botões (no mesmo menu onde aparecem as estatísticas do botão “Plus One” da Google).

Só que esse rastreamento precisa ser ativado, adicionando um novo trecho de códigos no rastreador padrão do Analytics. Você pode fazer isso facilmente:

1. Procure onde no código fonte do seu Blog você adicionou o código de rastreamento do Google Analytics.

2. Depois de encontrar, adicione o trecho que aqui está destacado em vermelho. O restante em cinza mais claro é um exemplo de como será o código de rastreamento do GA.

<script type="text/javascript">
var _gaq = _gaq || [];
_gaq.push(['_setAccount', 'UA-XXXXX-X']);
_gaq.push(['_trackPageview']);

_gaq.push(['_trackSocial', 'facebook', 'like']);
_gaq.push(['_trackSocial', 'facebook', 'send']);
_gaq.push(['_trackSocial', 'twitter', 'tweet']);

(function() {
var ga = document.createElement('script'); ga.type = 'text/javascript'; ga.async = true;
ga.src = ('https:' == document.location.protocol ? 'https://ssl' : 'http://www') + '.google-analytics.com/ga.js';
var s = document.getElementsByTagName('script')[0]; s.parentNode.insertBefore(ga, s);
})();
</script>

Só é preciso adicionar o trecho destacado em vermelho.

Essas três novas linhas vão rastrear tudo o que é feito pelos botões do Facebook, tanto o de “Curtir” quanto o novo de “Enviar”, além do botão do Twitter de dar RT.

Os gráficos levarão alguns dias para aparecer no novo menu “Social” do painel do Analytics, como ilustra a imagem abaixo, pois será preciso ao menos algumas horas para os dados começarem a ser coletados.

Também não são retroativos, ou seja, só aparecerão dos dados das visitas de agora para frente, desde o momento em que o código foi adicionado.

Fonte: Social Plugin Analytics in Google Analytics / Social Interaction Tracking

21 Comentários

  1. Excelente artigo para quem precisa de detalhar as visitas e saber realmente como esta sendo feito o trabalho de mídia social com os sites e/ou blogs.

    Responder

  2. Marcos, uma coisa eu notei depois que adicionei esse código no Google Analytics já instalado:

    A taxa de rejeição do blog caiu vertiginosamente! Mergulhou pra baixo de 1%!

    O que antes ficava em mais de 70% baixou pra menos de 1%! Isso aconteceu nos últimos 3 dias.

    Aí eu pergunto:

    Será que a Google então está levando em consideração o link numa rede social como já não sendo uma rejeição. É um olhar bem interessante se isso for realmente verdade.

    Os outros números do blog continuaram na mesma. O que mudou mesmo foi a taxa de rejeição. Se isso form mesmo verdade, parece que a Google está fazendo justiça.

    Espero que meu código não esteja bugado hehehe

    Responder

    • Aqui tambem caiu drasticamente a taxa de regeição, mas a alguns dias voltou ao normal.

      Outra coisa, acho que esse codigo nao esta funcionando no meu site, pois nos tres serviços o numero é o mesmo, tipo, no tweeter da 1700 no g+ da 1702 e no facebook 1697 por dia (so um exemplo)

      Responder

  3. Olá Marcos,

    um ótimo post, para uma ótima dica.. Só espero que comigo dê certo que nem com o Marco, e se der certo agradeço à você por ter feito o post e ao Marco por ter me indicado o post, um forte abraço, e se der certo eu volto avisando.

    Responder

  4. Olá, te perguntei agora a pouco no twitter sobre este codigo, mas lembrem que ja tinha visto aqui.
    Adicionei o codigo, porem me parece que ele esta contanto todas as visitas, independente de onde veio. Tanto que os numeros sao praticamente identicos nas tres metricas.
    o que pode ser?

    Responder

    • Alexandro,
      O que você encontrou é o Codex, a estrutura geral dos códigos. O que ensino aqui é baseado nessa estrutura recomendada pela Google. Pode usar o nosso aqui que funciona perfeitamente e segue à risca as recomendações desse link que vc viu.

      Responder

    • William,

      O código está correto, segundo orientações do próprio sistema do Analytics para uso disso. Como você pode conferir nos links citados como referência para criar esse post.

      Responder

        • Acho que vc não reparou que este é o link que eu citei como fonte, o que indica que li, sim, isso!

          Também vejo que você não reparou que a separação só é usada para análises individuais de botões específicos. Para toda a estrutura de todos os botões serem rastreados em conjunto, é preciso fazer como apresentei aqui, segundo este mesmo relatório.

          Responder

          • O código está realmente errado Marcos!
            Se você colocar em suas páginas como você ensinou neste artigo, logo que a página em questão carregar, irá contar automaticamente os 3 (like,send,tweet) mesmo sem a pessoa nem ter lido o titulo da página…

            A forma mais prática de se comprovar isso, é que seus pageViews para uma páginas são exatamente os mesmo de quantidade de Like, Send e Tweet…Seria como se cada vez que uma página do seu site é acessada, a mesma pessoa, apertar os botões de Like, Send e Tweet, e você sabe que isso não é verdade, principalmente porque se a pessoa entra em 2 páginas do seu site, ela não vai dar Like nas 2, porque o botão já vai estar “Liked” depois da primeira…

            Se você quer tirar a prova disto, basta utilizar as ferramentas para desenvolvedor do seu navegador (No Chrome, basta pressionar a tecla F12 ou pressionar CTRL + Shift + I )(No Firefox, utilize a extensão FireBug)

            Procure pela aba rede, nela mostram todos os arquivos que a página requisitou(html’s, css,imagens, js, TUDO, TUDO), procure pela requisição do arquivo _utm.gif, no dominio http://www.google-analytics.com/, você vai encontrar logo de cara 4 seguidos(se a página em questão estiver com o código que você mostrou neste artigo), sendo um do _trackPageView e os outros 3 dos _trackSocial
            Cada chamada ao _track[…] vai gerar um _utm.gif
            Se você reparar na QueryString(parte a direita do ? na url) dos 3 últimos, vera que em certa parte ira conter as “palavras chaves” usadas como “Facebook Like”, “Facebook Send”, “Twitter Tweet”, isso quer dizer que o GA já contabilizou o acesso a isso, mas isso só deveria ocorrer de fato após o botão ter sido clicado de fato…

            Se você ainda não acredita, experimenta dar um “Like” em uma página sua, e veja no painel Rede, quais URL’s serão chamadas, provavelmente ao apertar o botão “Like” na sua página (Se você já fez isso antes, aperte novamente para ocorrer o UnLike e então clique em Like novamente), você poderá ver que somente a URL
            https://www.facebook.com/ajax/connect/external_node_connect.php será chamada (no caso do Like, uma URL para obter a sua foto de perfil também será chamada, isso se o seu botão like exibe as fotos das pessoas, ou você tem um FacePile ou o LikeBox) e nenhuma URL do GA, ou seja, ele(o GA) não saberá que ocorreu o Like…

            E me desculpe, mas “Codex” não existe.

            O correto é fazer como está na página do próprio GA, o que você chamou de “Codex” é na verdade o código final, que você e qualquer um outro deve utilizar para rastrear estas redes sociais, a única rede social que você não precisa “trackear”/rastrear é o próprio Google Plus

            Responder

            • Guilherme,
              Então, o que você sugere como soluçào e qual a forma certa de usar.
              Você provou seu ponto, mas não ofereceu uma soluçào para o problema. Como acha então que esse código deva ser usado para dar o resultado certo?

              Seria ótimo ter usa visão mais completa aqui para ajudar mais blogueiros.

              Responder

          • A forma correta é um pouco mais complexa e extensa do que a que você apresentou, e é subdivida para cada ação/rede social
            Seguem os exemplos (código JavaScript):

            [code]

            /*
            @Rede Social: Facebook
            @Ação: Like
            */
            FB.Event.subscribe('edge.create', function(targetUrl) {
            _gaq.push(['_trackSocial', 'facebook', 'like', targetUrl]);
            });

            /*
            @Rede Social: Facebook
            @Ação: Unlike
            */
            FB.Event.subscribe('edge.remove', function(targetUrl) {
            _gaq.push(['_trackSocial', 'facebook', 'unlike', targetUrl]);
            });

            /*
            @Rede social: Facebook
            @Ação: Send
            */
            FB.Event.subscribe('message.send', function(targetUrl) {
            _gaq.push(['_trackSocial', 'facebook', 'send', targetUrl]);
            });

            /*
            @Rede Social: Twitter
            @Ação: Tweet
            */
            twttr.ready(function (twttr){
            twttr.events.bind('tweet', function(iv){
            _gaq.push(['_trackSocial', 'twitter', 'tweet']);
            };);
            }

            [/code]

            Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.