Como superar o problema dos Artigos longos no Blog

Nem tudo que vamos publicar no Blog pode ser resumido em poucas palavras e entregue de forma objetiva. Há momentos em que precisamos escrever um pouco mais que a média e aparecem muitas dúvidas para o blogueiro. Quantas vezes desistimos de publicar algo só porque o post ficaria muito longo? Mas a grande questão é que o Google gosta de artigos completos e maiores que a média. Vou tentar ajudar você a escolher o melhor caminho na hora de publicar artigos longos e responder as principais dúvidas, aplicando as técnicas certas quando o post passar de 500 palavras.

Inscreva-se no nosso Canal no Youtube p/ assistir vídeos sobre Blogs.

Quer saber como GANHAR Dinheiro com Blog? Leia este artigo onde explico passo a passo tudo o que você precisa saber sobre monetização de Blogs: "Como GANHAR Dinheiro com Blog".

Se quiser, escute este post AQUI…

Este post será um pouco maior que a média do meu Blog, mas contará com recursos que servirão de exemplo e modelo para seus próprios blogs, bem como estará facilitado pelo áudio (se você preferir escutar a leitura desse artigo) ou, se ainda achar melhor, tem um vídeo tratando sobre o mesmo tema (mas não deixe de ler o artigo como complemento). E isso já é uma boa técnica quando for preciso escrever um artigo maior e mais completo.

Separei todo o conteúdo desse artigo em perguntas e tópicos que considero serem as dúvidas da maioria dos donos de Blogs. Mas se você quiser, pode comentar abaixo com sua opinião e até trazer novas dúvidas, dificuldades e soluções.

1. As pessoas vão realmente ler tudo?

Quando preparar um conteúdo para seu blog, pense o quanto esse assunto é relevante para o público e se vai ser interessante o suficiente para manter as pessoas lendo. O desafio as vezes nem é se o material é bom, mas a competição na internet, que disputa a atenção de todos o tempo inteiro.

Lembre-se que um artigo longo vai demandar tempo de leitura e as pessoas não querem ficar presas em uma mesma página. Assim, pergunte-se:

  • Seu público alvo tem esse perfil de leitura?
    Conheça as pessoas que chegam até sua página e como essas pessoas consomem conteúdo na internet. Tente entender as preferências e para quem você está escrevendo.

Garota lendo um livro

2. Posso ser mais objetivo e curto?

Enquanto escrevemos algo e criamos o conteúdo do Blog, acabamos nos perdendo em uma série de coisas e há muita gente produzindo conteúdos longos de forma desnecessária. O conteúdo é bom, a ideia é boa, mas poderia ter sido mais resumido e menor? Assim, só escreva um post longo, se o assunto demandar real aprofundamento.

  • Atenha-se ao máximo no assunto principal.
  • Cuidado para não se perder:
    Se precisar abordar assuntos paralelos ou complementares, use isso para criar outros artigos e publique separadamente. Depois apenas indique os links, interligando os conteúdos e mostrando para seu público que eles podem navegar pelo seu blog e encontrar mais informações.
  • Vá direto ao ponto:
    Nunca enrole para falar sobre qualquer assunto. Já entregue no primeiro parágrafo o que a pessoa vai encontrar lendo aquele artigo, para que o visitante saiba se encontrou o que precisa.

Caneta sobre a página de um caderno.

3. Vale a pena dividir em mais de um Post?

Dependendo o tamanho do artigo, alguns blogueiros acabam dividindo o conteúdo em duas ou mais partes e até indicam isso no título. Há hoje modelos de conteúdo que separam tudo em páginas para a continuação de uma leitura.

Isso pode ser ruim especialmente para quem estiver navegando em aparelhos móveis, já que terão que carregar mais de uma página, consumindo banda de dados e ainda terão que fazer mais uma ação de clique na tela.

  • Minimize o esforço de leitura que o visitante terá que fazer. Desse modo, o melhor mesmo é voltar a avaliar se o conteúdo não poderá ser condensado em menos palavras ou, se for dividir, seja mais objetivo e complemente, como disse antes, com outros artigos.
    Assim você deixa a critério do leitor se ele deseja saber mais sobre assuntos paralelos ou aprofundar o tema em outros tópicos.

Aproveite e veja esse artigo: 5 Coisas que Blogueiro(a) precisa saber

4. Como deixar a leitura mais leve e fácil?

Lembre-se de que a página de um blog é diferente da folha de papel, não precisa seguir o modelo de jornais e revistas e deve ser visualmente mais agradável. Existem recursos na forma de criar um post no blog que vão tornar a leitura mais leve:

  • Subtítulos: Divida o conteúdo em partes dando “nomes” (subtítulos) individuais para cada parte e que resumam o que vem a seguir. Assim o visitante pode identificar a estrutura do conteúdo e entender a lógica o material.
  • Tópicos: Sempre que possível, crie conteúdo em tópicos, dando destaque a parágrafos explicativos, separando as informações em itens. Melhor ainda se você conseguir numerar as partes.
    Isso, de numerar as partes, também vale para os subtítulos.
  • Imagens: ilustre o conteúdo com imagens relacionadas ao assunto que vão servir como uma pausa de descanso para os olhos. Fica ainda mais perfeito se você for capaz de usar imagens que resumam trechos do artigo, sem precisar escrever, sem precisar usar palavras nas imagens, por exemplo com gráficos e/ou infográficos.
  • Destaque palavras: Use o negrito, itálico e cores para destacar palavras ou pequenas frases, seja no meio do texto ou como bloco de citação.

Todos esses recursos visuais podem ser aplicados para tornar a leitura mais agradável e evitará que o público perceba que o material é longo, bem como deixa a leitura mais agradável.

5. Fale com o seu público

Uma ótima estrutura narrativa é você escrever como se estivesse falando com o leitor de forma individualizada. Desse modo, use pronomes como “você”, para dar um ar de pessoalidade. Levante questões e não tente responder tudo, escrevendo algo com ar definitivo.

Pode ser muito interessante deixar pontos em aberto e perguntar a opinião de quem está lendo, sugerindo a participação das pessoas na construção do conteúdo com a interação na área de comentários ou nas redes sociais.

Também pode ser útil falar em primeira pessoa, quando o conteúdo permitir, para que o público se sinta mais próximo de você.

Se você quiser saber também sobre: Como Ganhar Dinheiro com Blog

Duas mulheres conversando casualmente

6. Escreva um pouco mais que seus concorrentes

Observe a prática de outros blogueiros e profissionais dentro do seu nicho e que tenham um público alvo bem parecido com o seu. Não para imitar o que eles fazem, mas para oferecer aquilo que eles forem deficitários ou incompletos.

O Google gosta de conteúdo longo e pode ser uma boa prática tentar ir além do que seus concorrentes fazem, escrevendo um pouco mais, de forma mais aprofundada, entregando valor para as pessoas que gostam daquele tema. Assim você ganha em relevância e tem mais chance de aparecer melhor posicionado que seus concorrentes no Google para os mesmos assuntos.

Mas, lembre-se, só faça isso se realmente você tem algo a mais para dizer e se realmente consegue fazer melhor, agregando valor ao assunto que será abordado. Não escreva mais que os concorrentes só para ter um artigo maior que ninguém vai ler ou que só tem palavras soltas e sem profundidade. Seja útil.

7. Posts longos vão demandar mais do seu tempo também

Não é só o visitante do Blog que vai precisar de mais tempo para ler o artigo. Você também vai precisar de mais tempo para criar esse conteúdo

  • Pesquisar: Artigos longos precisam ser mais elaborados e você vai dedicar tempo à pesquisa, especialmente se for necessário confirmar seu ponto de vista.
  • Escrever: Ninguém escrever rápido algo. Depois de pesquisar, você vai ter que separar material, criar os tópicos, editar o conteúdo e reorganizar suas ideias. Não é só sentar no computador e começar a digitar.
  • Revisar: Quanto maior o conteúdo, mais tempo você vai precisar para revisar tudo.

Seria bom você ler isso aqui: [Segredo Revelado] Como viver de Blog dedicando 1 min. por dia

8. Transforme o conteúdo além do texto

  • AudioPost:
    Como fiz nesse artigo, ofereça a opção do seu público ouvir a leitura do texto e até de fazer o download do arquivo para ela escutar offline onde achar melhor. Isso vai liberar o visitante para continuar outras tarefas, sem precisar fechar sua página e terá mais chance de conquistar o leitor preguiçoso ou muito ocupado.
  • Vídeos:
    Ainda mais eficiente na retenção do público, os vídeos podem ser ilustrativos, seguem outra dinâmica e têm duas funções: 1) Facilitar o entendimento; 2) multiplicar a sua presença. Seu público poderá encontrar você em outras plataformas além da página do Blog, como no Youtube.
    Mesmo que você não faça um vídeo específico sobre aquele mesmo assunto do artigo do Blog, complemente o material indicando outros vídeos com assuntos relacionados.
  • PDF:
    Ofereça ao seu público a possibilidade de fazer o download do material em PDF, sempre que possível, e que eles possam imprimir. Ainda tem muita gente que prefere ler artigos longos direto no papel e até guardar fisicamente as pesquisas que fazem ou manter um acervo digital daquilo que gostam para ler no momento oportuno.

Complemente com isso: As 3 Regras de Ouro para a Blogosfera

9. Vai ser uma perda de tempo?

Por fim, coloque-se no lugar de quem vai ler o post e tente entender o que vai passar na cabeça dessas pessoas. A maioria vai pensar logo que vão perder tempo lendo tudo aquilo e podem passar a diante.

Evite esse tipo de coisa escrevendo com uma linguagem acessível (gramaticalmente correta, mas simples para qualquer público), usando termos técnicos ou palavras mais rebuscadas apenas quando este for o perfil do seu público.

Ajuda ainda mais se, como já disse antes, você for objetivo sem se perder em assuntos paralelos ou pouco úteis para o tema principal.

E… NUNCA… Nunca diga que o texto é longo, nem quanto tempo a pessoa vai precisar para ler o material e nem mesmo se desculpe no início do artigo por ter escrito aquilo. Se você já começa assim, as pessoas já se sentirão desanimadas com o que virá.

Também é bom ter um plano bem traçado, sobre o que você espera conquistar com esse post longo, que justifique sua criação e fique mais fácil explicar para o público porque não foi possível fazer diferente.

Esse é um desafio para qualquer produtor de conteúdo, especialmente quanto queremos agregar valor ao material que produzimos e nos posicionar como um diferencial na internet de conteúdos rasos e fáceis.

Ficarei muito feliz em ouvir sua opinião, especialmente daqueles que chegaram até aqui, dizendo se leram todo o conteúdo, se ouviram ou só assistiram o vídeo. Aproveita e deixa mais dúvidas e o que você acha de artigos longos assim.

  1. Você faz isso em seu Blog?
  2. Como foi sua experiência e a receptividade do seu público?
  3. Você prefere artigos longos ou curtos?

Comenta e fala sobre seus desafios como produtor de conteúdo.

5 Comentários

  1. Olá Marcos,
    Admiro muito o empenho que nos transmite pelo trabalho que realiza. Já há muitos anos que o venho acompanhando, e como também já referi, muito do meu blog foi feito com a sua ajuda, das dicas blogger.
    Sobre o tema que acabei de ler, e com muita atenção, é bem abrangente e explicito. O meu blog é de culinária e nele, eu que faço tudo sozinha. Gosto muito de escrever, mas a minha gramática está fraquinha, então, os meus textos são as minhas vivências e como já vou na década dos 60 há muito para contar. Adoro faze-lo, e assim é demonstrado,nos comentários carinhos que recebo a esse respeito. É assim o meu jeito, e só meu.
    Boa noite e um abraço

    Rosa Santos

    Responder

  2. Parabéns pelo artigo Marcos! Sou sua fã e acompanho seu trabalho a bastante tempo.
    Depois que passei a dividir meus artigos em subtitulos e tópicos mais organizados, notei uma melhora grande na audiência.

    Responder

  3. Curti muito seu post Marcos! Porém, tenho uma dúvida: Li em um outro site, que após a atualização do dia 8 do Google, ele irá dar mais relevância para páginas que contenham mais de 2.400 caracteres, será que esta será a nova tendencia?

    Responder

    • Anderson,
      Dizer com exatidão quantas palavras ou caracteres é melhor para aparecer no Google é algo arriscado e não dá pra garantir. O Google leva em consideração outros fatores para determinar qual o tamanho ideal de um artigo, dependendo do assunto, do público, da complexidade do tema… etc. Cada caso é analisado individualmente pelos algoritmos.

      Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.