Como diminuir a Taxa de Rejeição do seu Blog

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+

A métrica mais assustadora para um Blogueiro é a “Taxa de Rejeição” (Bounce Rate) que mede, basicamente, a qualidade da interação do visitante com o conteúdo do seu Blog. Existem muitas coisas que influenciam isso, onde alguns casos são mais graves que outros, mas é sempre possível reverter taxas e números ruins. Selecionamos algumas dicas de como diminuir sua Taxa de Rejeição, atingindo o seu público onde é necessário.

Quer ser um(a) Blogueiro(a) de Elite? Acesse AGORA: http://blogueiro.pro

A definição do Google Analytics para “Taxa de Rejeição” ajuda a diminuir a ansiedade e o susto que alguns blogueiros podem levar quando olham para números altos:

“Taxa de rejeição é a porcentagem de visitas a uma única página (isto é, visitas em que uma pessoa sai de seu site pela mesma página em que entrou).”

De toda forma, ninguém quer que um visitante leia apenas uma página do Blog e depois vá embora sem deixar rastros, interagir, comentar ou ler mais coisas. Então, uma “Taxa de Rejeição” alta pode significar que seu blog não está cativando o seu público.

Até pode não ser tão ruim que essa taxa esteja alta em algumas páginas de conteúdo do seu blog. O problema é quando isso afeta a maior parte do conteúdo e piora os números gerais.

Olhe para as estatísticas do seu blog e procure conhecer melhor os artigos e posts que geram maior rejeição para proceder com as melhorias que vamos indicar. Vale lembrar que algumas coisas precisam ser feitas em todo o conteúdo do Blog para garantir que  a taxa sempre caia.

Bons títulos e subtítulos = Escreva títulos que realmente indiquem do que trata o conteúdo. O leitor, na maioria das vezes chega até seu blog por se sentir atraído pelo título e, ao começar a ler o texto percebe que não era bem o que procurava.

Os subtítulos também são um recurso importantíssimo para manter o interesse do leitor por mais tempo na página. Subdividindo e organizando o artigo em partes, facilitará para adicionar outros recursos e técnicas que citaremos a seguir.

Primeiro parágrafo chamativo = Completando as técnicas para prolongar o interesse do visitante, escreva logo no primeiro parágrafo um resumo bem chamativo do conteúdo geral do artigo. Não é lugar para “fazer rodeio” e enrolar o leitor, mas sim de cultivar e multiplicar seu interesse e curiosidade.

Inserir links relacionados = Sempre busque em outros artigos do seu blog uma referência para ser citada, uma recomendação de leitura complementar, como indicação para o visitante ir além daquele artigo que o atraiu. Os links internos aumentam as chances da pessoa ler algo mais.

Usar vídeos e áudios = Os vídeos e áudios são outra forma eficiente de evitar que o visitante feche rapidamente a página do seu blog. Por ser um conteúdo que o permite continuar navegando em outros lugares e o mantém dentro de seu artigo, tem mais chances de ele querer ver algo mais.

Incentivar os comentários = Sempre que possível provoque discussões e debates, levante questões e proponha ideias, provocando seus leitores para comentarem os artigos que leem. Ao clicar no botão de “Enviar comentário”, o visitante automaticamente está enviando dados para o Analytics de continuidade da visita.

Reescrever conteúdos = As vezes é preciso rever seus artigos e reformular conteúdos que já estão velhos ou ultrapassados, mas há aqueles que simplesmente estão ruins a ponto de não gerarem interesse no leitor em querer ficar na sua página.

Isso pode  melhorar sua posição no Google para certas palavras chave, gerar mais visitas e até surgir novas ideias de conteúdo para o seu Blog.

Layout focado no conteúdo = Olhe bem para o layout, o formato geral do seu Blog e veja se ele realmente dá mais destaque ao conteúdo do Blog. é importante que seja fácil identificar o conteúdo, que o texto seja favorecido por cores e fontes adequadas, de modo que o leitor não se canse nem tenha trabalho para ler o artigo/post.

Repensar seu público alvo = Pode ser que a sua taxa de rejeição esteja alta porque você está mirando no público alvo errado, que não se interessa tanto pelo que você escreve ou mesmo nem entende bem o que você escreve. Adeque seu conteúdo ao seu público.

Usar Target=_Blank nos links = Pode ser importante colocar links de páginas externas ao seu blog. Para isso, indique os links de terceiros adicionando a opção de abrir o link em nova aba/janela, sem fechar a sua página. O código HTML para isso é o Target=_Blank, mas tanto no Blogger quanto no WordPress é possível, na hora de criar um link nas palavras, simplesmente marcar uma opção para essa função.

Escrever artigos menores (dividir informação) = Outro problema comum são os artigos muito longos para assuntos complexos. Pode valer a pena subdividir o conteúdo em várias publicações ou mesmo repensar o conteúdo e escrever menos sobre o mesmo assunto. As pessoas não gostam de ler conteúdos longos na internet e quando se deparam com isso nos blogs, acabam nem rolando a página até o fim.

Artigos Relacionados = Pode ser muito interessante implementar um gadget (elemento de página) no rodapé de todos os artigos do seu blog para indicar artigos relacionados, seja em links ou exibindo imagem e títulos dos posts. Isso é bem eficiente para que o visitante procure outros assuntos para ler em seu Blog.

Gostaria de recomendar que leiam também o artigo “As partes mais importantes de um post para o conteúdo do seu Blog se destacar” como forma de aprofundar suas técnicas na montagem estrutural de seus artigos.

Juntei aqui algumas dicas, mas podem ter outras coisas que podem ser feitas para diminuir sua taxa de rejeição. Se tiver outras dicas comente e compartilhe suas experiências aqui.

Quer ser um(a) Blogueiro(a) de Elite? Acesse AGORA: http://blogueiro.pro

24 Comentários

  1. Um artigo muito bem elaborado, onde contribui para o aprendizado de quem está iniciando ou já está há muito mais tempo, conhecimento nunca é demais. Escrever não é uma tarefa fácil, e o pior acontece quando não pesquisamos sobre o tema e ainda assim achamos que sabemos tudo. É importante pensar antes de postar algo que possa desagradar ou atingir alguém, pois é a reputação virtual que está em jogo e prender a atenção do leitor é algo que poucos blogueiros conseguem.

    Grande abraço. Sucesso no Clube.

    Francisco Vargas

    Responder

  2. Gosto dessa ideia de ser direto ao ponto (não ter rodeios). Gosto do seu blog pois ele é prático e simples. Diversos blogueiros escondem o ouro ou “enchem linguiça” com o conteúdo.

    Concordo que, com as dicas acima vamos ter melhor visibilidade na web e diminuir a “Bouce Rate”

    Parabéns por mais este post

    Responder

  3. Marcos,
    parabéns pela seleção das dicas. O assunto é muito complexo, mas você conseguiu passar a informação necessária de maneira muito simples.
    Deve-se lembrar também que muitos banners em seu blog podem aumentar também a taxa de rejeição. Se os banners estão dando retorno financeiro, ótimo, senão é bom rever também essa situação.
    abraço.

    Responder

    • Gustavo,

      Muito bem lembrado. Banners de anúncios também podem podem afetar a Taxa de Rejeição. Vale mesmo avaliar o retorno financeiro de certos banners para saber se continua exibindo ou não.

      Ótima dica!

      Responder

  4. Olá Marcos, muito boa as dicas, fico feliz em dizer que graças a Deus, utilizo todas elas!

    Me permite compartilhar uma dica que me é bastante eficaz?

    Na linkagem interna, sempre utilizo uma call to action antes do link, por exemplo:

    Recomendo que leia: [link]
    Leia também: [link]
    Você irá gostar: [link]

    é tiro e queda, os leitores não suportam a curiosidade e sempre clicam.

    Abraços e sucesso!

    Responder

  5. Marcos, quantos porcento de rejeição você qualificaria como normal?
    Tenho 5 Blogs

    1° tem 1,75% de rejeição
    2° tem 3,79% de rejeição
    3° tem 51,3 de rejeição (É o que mais gera receita por mais absurdo que pareça rsrsrs)
    4° tem 38,9% de rejeição
    5° tem 25,7% de rejeição.

    Como você pode perceber, o blog que tem mais rejeição, é o que mais gera receita… Como isso é possível? Não era para ser o contrário?

    Responder

    • Leandro,

      Praticamente impossível saber qual é uma taxa aceitável padrão. Cada tipo de blog, estilo e conteúdo terá uma taxa aceitável diferente. Além disso, depende de cada parte do Blog também.
      Por exemplo: a minha página de venda do Host tem 100% de taxa de rejeição e isso é ótimo. Por que? Porque depois dela o cliente só pode sair: ou sai para o formulário de pagamento ou sai por desistir da compra. Como sei que essa taxa não é ruim? Devindo ao número total de visitas e a média de vendas que tenho, a rejeição é positiva.

      Entende o que quis dizer? você terá que analisar cada caso de seus blogs, incluindo as páginas mais importantes para determinar o que é bom e o que é ruim.

      Responder

        • Leandro,
          Sim, isso influencia, mas existem outros fatores que ajudam o Google a decidir e até entender a taxa de rejeição. E não podemos esquecer: são centenas de fatores o algoritmo do Google e a Taxa de Rejeição é apenas 1 deles.

          Responder

  6. Olha marcos eu venho te acompanhando, e admiro muito seus artigos, o que me chama atenção e que você não se estende muito, mas é claro e preciso. Estarei sendo mais criterioso nos meus conteúdos, colocando em prática tudo que li.

    Responder

  7. Parabéns pelo posts, tirei muita coisa boa para implementar em meu blog.

    Tenho uma pergunta, se souber, ficarei grato.

    Eu tenho uma boa parte das visitas que recebo do Google com duração 00:00:00, já pesquisei muito sobre o assunto e não encontrei nada, eu sinceramente acho impossível uma pessoa ficar menos de 0 segundos em um blog, por pior que ele seja, mas acredito que tenha uma explicação para isso, se você souber ficarei agradecido.

    Sucesso pra você, abraços.

    Responder

    • Rodrigo,

      É possível sim.
      Se a pessoa não esperar para o seu blog carregar por completo, então o Analytics vai contabilizar 0 segundo de tempo de visita. O tempo só é marcado a partir do momento em que a página carregou por completo.
      Isso é sinal de altíssima taxa de rejeição daquele conteúdo e que o seu blog demora muito para carregar.

      Veja de melhorar o desempenho do seu blog também para melhorar esse tempo de carregamento.

      Responder

      • Convém não ter muitas coisas na barra não é mesmo Marcos?, tirar as coisas desnecessárias e deixar o blog bem limpo e de fácil leitura, penso que é a melhor forma de melhorar o desempenho e tempo de carregamento.

        Responder

  8. Esse, sem dúvida, é o melhor site de suporte para blogs da internet!!
    Esse artigo é muito útil até mesmo para aqueles que se consideram profissionais!

    Responder

  9. Pingback: 7 Dicas Para Otimizar Blog | Escola Otimização

  10. Marcos,
    Sobre a taxa de rejeição eu entendi. Preciso entender sobre Google Adsense, DFP. Em todos os níveis de entendimento como: para que serve, como publicar banner, porque ele não aparece no site, etc..
    Abraços.

    Responder

  11. Pingback: Leituras recomendadas #2Metablog | xCake | Metablog | xCake

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.