Como publicar um livro (impresso ou e-book) independente

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+

Vou mostrar aqui como é fácil para qualquer pessoa publicar um livro impresso ou digital (e-book) de forma independente e sem custo. Hoje em dia está cada vez mais fácil ter um livro publicado, sem depender de editoras, agentes ou empresários, onde o próprio autor determina o que achar melhor para seus livros e projetos.

Fazer download do e-book Como Ganhar Dinheiro com Blog

Com o crescimento da internet e o acesso facilitado a computadores e editores de texto, qualquer pessoa com criatividade e conteúdo consegue publicar um livro. Ainda mais com a alternativa crescente dos livros digitais, conhecidos como e-books, que tornaram os preços mais acessíveis e dispensam o papel, podendo ser lidos em smartphones (celulares), tablets ou aparelhos específicos como os e-readers (Kindle da Amazon ou o Kobo).

Se você quer publicar um livro, independente do assunto e de seu público alvo, existem diversos recursos e serviços que facilitam sua vida. Vou apresentar os mais comuns e conhecidos, que você poderá avaliar para descobrir qual é o melhor para seu perfil.

Com Publicar um Livro

1. Como Publicar e-book na Amazon

Uma das maiores redes de venda de livros do mundo, a Amazon vem dominando o mercado, especialmente dos livros digitais (e-books). A Amazon tem uma ferramenta própria para publicar automaticamente seu material digital e colocá-lo à disposição em suas lojas online por todo o mundo.

Trata-se do Kindle Direct Publishing, um sistema fácil e objetivo para você publicar seu livro sem atravessadores e sem custos. O seu livro será transformado em um e-book pronto para ser lido nos aplicativos e aparelhos Kindle. Além disso, é você quem determina o preço e em quais países ele será vendido.

Acessar: Kindle Direct Publishing (totalmente em português)

Kindle Amazon

A grande vantagem é estar inserido numa das maiores redes de distribuição e venda de livros do mundo, poder vender em outros países e publicar no formato mais moderno de livros digitais. A desvantagem é que só se publica e-books. Caso você queira publicar uma versão impressa este não é o melhor caminho.

2. Clube de Autores: Livro sob demanda

Para aqueles que querem e fazem questão, no Clube de Autores é possível publicar um livro para ser vendido de forma tradicional, impresso. Inclusive com possibilidade de escolher até alguns tipos de papeis, material da capa, para melhorar a qualidade do impresso.

Trata-se de uma editora que imprime sob demanda, ou seja, eles só imprimem seu livro quando há um comprador. Assim evitam estoques e você não precisa pagar para a impressão de um número mínimo de cópias. Se vender imprime, se não vender, não imprime.

O próprio sistema deles tem um editor que facilita transformar arquivos de Word ou PDF no formato para impressão. Você tem todos os passos até para criar a capa, contracapa e orelhas do livro. E mesmo depois de publicado, é permitido fazer alterações no conteúdo.

Acessar: Clube de Autores

Clube de Autores

Você tem todo o controle para determinar o preço e a estrutura do livro. Mas a desvantagem está justamente no preço. Como é uma gráfica digital, normalmente os preços dos livros ficam mais caros que a média de livros produzidos em massa por editoras tradicionais.

O próprio autor tem descontos para comprar seu próprio livro, podendo solicitar a impressão de quantos quiser, fazendo um acervo para promover lançamentos independentes.

3. Widbook: A rede social de escritores

Se você é do tipo que adora a liberdade da internet e não tem objetivos financeiros para seus livros ou até mesmo quer começar, trabalhar de forma colaborativa e experimentar-se como autor, esta rede social de leitores e escritores poder ser a sua alternativa.

Na Widbook todos podem ler livros em desenvolvimento, compartilhar seus escritos e até se tornarem co-autores de outros trabalhos.

Acesse: Widbook – https://www.widbook.com/

Widbook Rede social para escritores

É preciso ficar claro: esta é uma rede social, sem objetivo de venda de livros digitais. Trata-se de um lugar para aqueles que entendem e querem participar de uma rede colaborativa. Perfeita para quem está começando.

Na impede que você use esta plataforma para publicar seus projetos e livros, testar a reação de leitores e receber avaliações de seu trabalho antes mesmo de publicá-los efetivamente. Você não vai ganhar dinheiro com isso, mas pode aprender muito e ajudar muitos outros autores de todas as partes do mundo.

Mesmo assim, dá para ganhar algum dinheiro com seus projetos por lá. As pessoas que seguem seu trabalho podem contribuir com doações, incentivando você a continuar e até efetivamente publicar seu livro, levantar fundos para lançamentos ou simplesmente ter uma renda extra.

Outras alternativas

Existem centenas de opções e formas para você publicar um livro físico (impresso) ou digital (e-book), até mesmo sem depender de nenhum serviço de terceiros, onde você mesmo pode criar um material em PDF ou uma estrutura de blog para assinantes, vendendo acesso ao conteúdo. É uma solução para quem quer produzir livros didáticos ou materiais para cursos (concursos, ENEM…).

Você pode criar este material e colocar à venda na internet como um infoproduto. Saiba mais em:

Dá um pouco mais de trabalho, mas garantirá total independência para seu material e sua produção, sem precisar pagar comissões aos administradores do serviço. Assim você ainda abraça uma grande tendência para os próximos anos.

.

Os livros ainda estão em alta e há público tanto para impressos quanto e-books, basta você encontrar as pessoas que gostarão do que você escrever. Existem possibilidades variadas que tornam os autores mais livres. Encontre o seu lugar.

Quer ser um(a) Blogueiro(a) de Elite? Acesse AGORA: http://blogueiro.pro

37 Comentários

  1. Oi, Marcos. Eu gostaria de saber um pouco mais sobre custos. Na Amazon, por exemplo, a porcentagem do autor por cada venda depende de se o preço do livro é superior ou inferior de $10 USD, né? Pelo menos é assim nos Estados Unidos. Você sabe como é que é no Brasil?

    Um abraço!

    Responder

  2. Oi Marcos. Como vai?
    Muito bom este artigo que, quando tiver oportunidade, irei pôr em prática.
    Estas dicas são muito importantes para quem não tem Editora, que é o meu caso.
    Obrigada pelas dicas.
    Uma boa semana.
    Abraço.

    Responder

  3. Nossa amiga Lenny Iwata colocou seu blog na comunidade Clube dos Blogueiros, uma atitude nobre da parte dela, ela colocou Fixado pelo moderador, bem no topo,o seu blog merece é super útil abraço.

    Responder

  4. Bem legal, boas dicas. Acho que os ebooks estão entrando de vez em muitos projetos. Os brasileiros como um todo estão cada vez mais abertos a lerem ebooks e vejo este mercado só aumentando. É realmente promissor!

    Responder

  5. E quanto ao código de barra ?e também com respeito ao registro na biblioteca nacional…
    Obrigada…Jair Humberto.

    Responder

    • Luciane,

      estas questões você terá que pesquisar por conta própria. Não tenho tanto conhecimento sobre esse tema, mas o registro na BN é fácil, basta entrar no site deles para pegar as instruções.

      Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.