O que fazer quando você detesta seu próprio Blog?

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+

Pode parecer triste, mas há muita gente por aí que detesta o próprio blog, mas não admite que está na hora de mudar algo para recuperar seu projeto, tentar coisas novas. Se você chegou a este ponto, separamos algumas sugestões de retomada. Pode servir também para que você nunca chegue a este ponto e mantenha o entusiasmo com seu Blog e tudo o que faz na internet. Uma simples revisão e mudanças de hábito podem dar nova vida ao seu trabalho com blogs.

Fazer download do e-book Como Ganhar Dinheiro com Blog

Inscreva-se no nosso Canal no Youtube

Revise suas prioridades

Em alguns casos o blog acaba ficando de lado depois de um tempo, quando ele não está na sua lista de prioridades. Pode ser a hora de rever qual o papel de seu Blog entre todas as suas atividades. Tente relembrar o que levou você a criar um Blog e recupere essa motivação.

Faça alguma mudança/melhoria

É possível que uma simples mudança de layout já renove suas expectativas com o Blog. Migrar de plataforma (sair do Blogger para o WordPress.ORG) ou dedicar-se mais em aprender como tirar proveito dos recursos que o sistema tem. Boa parte dos blogueiros toma antipatia de desenvolver um blog por não aprender bem como usar os recursos disponíveis.

Salve seu Blog e seja mais profissional

É possível ter um blog de alto nível em poucos dias, ganhar mais, produzir conteúdos que realmente atraiam visitantes.
Saiba como usar as redes sociais a seu favor e como interagir com seu público alvo.

Saiba mais: 40 Dias para Salvar seu Blog

Mude o foco/assunto

Perder o interesse no Blog é o mesmo que perder o interesse no assunto que trata ou na forma como você vem blogando. Pode ser o momento de procurar outras inspirações, escrever sobre coisas diferentes ou aprofundar mais sobre o tema que escolheu.

Pare de ver estatísticas

Todo blogueiro é curioso por número e resultados de seus blogs. Dados negativos ou com crescimento lento podem acabar com a alegria de qualquer um. Melhor mesmo é passar um tempo sem se preocupar com números ou, ao menos, tentar entendê-los melhor. Essa dica é especialmente relevante para quem está tentando ganhar dinheiro com blog e começou recentemente.

Interaja mais com seu público

Não espere apenas os comentários aparecerem para você ter motivos para interagir com as pessoas que leem ou poderiam visitar seu Blog. Seja mais ativo e positivo, buscando diretamente a interação com os pessoas. Amplie sua presença nas redes sociais, fóruns e comentários. Provoque seu público a participar mais. Movimentando um pouco seu blog, falando com gente de verdade, isso incentivará sua continuidade.

Mude sua rotina

Atrapalha muito quando você tem horários apertados ou quer trabalhar em seu blog e não tem a disponibilidade necessária. Pare e organize sua rotina, separando um tempo específico para trabalhar no Blog, mesmo que sejam poucos minutos por dia. O inverso também é prejudicial: não fique todo o tempo na internet só pensando em sue blog.

Fique mais off-line

Algumas pessoas simplesmente precisam olhar para fora da janela. Isso torna todo mundo mais produtivo. Vá à academia, faça uma caminhada, brinque com os cachorros… até desligue seu celular e a TV. LEIA um bom LIVRO (físico e não e-book). A tecnologia nos consome e perdemos o foco do que realmente é importante. Você terá mais inspiração assim.

Procure outro ambiente para Blogar

A posição do monitor de seu PC ou a mesa onde você senta todos os dias para blogar pode estar fadigando seu corpo e deixando você cansado e desanimado. Saia da sala e vá blogar na biblioteca, na praça ou na sorveteria… as vezes só de comprar uma cadeira nova, mais confortável já será suficiente. observe o que está à sua volta, em seu ambiente, para saber o que pode mudar que também afetará sua dedicação ao Blog.

Não leia mais…

Quantidade não é sinal de qualidade. Pare de ler tudo o que aparece na sua frente e comece a filtrar e procurar outras fontes para sua inspiração. É provável que suas leituras já não são desafiantes e motivadoras e você já está acostumado com tudo aquilo, perdeu a graça. Então, encontre coisas novas e melhores.

DESISTA!

Sim! Desista do seu Blog.

Pode estar na hora de reconhecer que aquele blog já deu tudo o que tinha para dar. Você fez de tudo para manter e melhorar o projeto, foi constante e dedicado, mas nada o deixa animado. Então é preciso parar de vez e partir para novos projetos, tentar um blog novo ou simplesmente partir para outras plataformas e serviços.

Conheço muito blogueiro que há está há anos sem nem mesmo abrir o painel do Blog para moderar um comentário, mas não admite que o blog acabou. Não é para excluir. Pode só reconhecer que não foi possível dar continuidade e parar de vez. Esse passo pode ser decisivo para o nascimento de novos projetos realmente satisfatórios.

Então, siga a diante!

13 Comentários

  1. Nossa, gostei muito do post. Eu ainda amo, sou completamente louca pelo meu blog. Estou ciente que ainda há coisas para melhorar nele, mas ainda assim o amo. Eu vou seguir sua dica de não olhar tanto para os números, pq realmente eles podem desanimar.

    Responder

  2. No meu caso não aguento mais o design do blog e já estou estudando sobre pra me fazer uma mudança no design do blog. To aproveitando também para analisar os poucos dados que tenho com o pouco tempo que estou com meu blog para ver onde estou acertando e errando, fora outras coisas citadas por você marcos nesse artigo. Mas não vou desistir do blog pois ele em pouco tempo se mostrou promissor 😀 o/

    Responder

  3. Olá Marcos,
    Gosto muito do meu blog, estou numa fase boa. As visitas estão aumentando e estou começando a ganhar algum dinheiro com o projeto.
    Não detesto meu blog e espero não chegar a esse ponto.
    Grande artigo!
    Abraços!

    Responder

  4. Muito legal esse Artigo.

    Realmente existem alguns fatores que desanimam muito os profissionais que querem trabalhar com Internet Marketing.

    Posso citar por exemplo o crescimento lento e gradativo do Tráfego e a ausência de Conversões.

    Em relação ao conteúdo do Blog, eu já escrevi diversos Artigos que abordam esse pensamento.É necessário escrever sobre um assunto que você tenha interesse, pois isso fará com que você procure mais informações de qualidade e se mantenha atualizado no seu Nicho de Mercado, trazendo inovação para seus usuários.

    Muitas pessoas ainda insistem em escrever sobre um assunto que não possuem o menor interesse, na maioria das vezes são incentivadas por uma possibilidade de ganhos financeiros maior, entretanto, isso sim é dar um tiro no próprio pé.

    Responder

  5. Para falar verdade eu ja detestei o meu blog! Eu já precisei de utilizar o meu blog como utilizador e detestei porque era lento, porque era difícil de navegar e de encontrar o conteúdo!!! Eu só nao fechei a página porque o blog era meu e eu sabia que o conteúdo estava lá! Cheguei entao a conclusão que se meu blog era mau para mim que fui eu que o criei então para os outros internautas era péssimo. O que eu ganhei com isso?? com isso eu vi onde estava a falhar, vi os pontos onde teria que melhorar… foi então que comecei a construir um design novo, comecei a organizar o conteúdo de uma forma completamente diferente tornando a navegabilidade mais simples!! Segundo o google baixei a taxa de rejeição de 52% para 7%. Hoje eu gosto do meu blog!

    Responder

  6. Esse artigo esta extraordinário Marcos. É importante manter o foco e seguir em frente, mesmo que não estejamos tão animados. No final as coisas saem sempre bem se você for dedicado e interagir com todos. Rafael, do Futebol Extensivo.

    Responder

  7. Entrei na vida de blogueira há menos de 1 mês. Mas o que eu percebo e o que eu aprendi lendo internet à fora e fazendo alguns experimentos, é que para ter sucesso com um blog não se deve pensar no sucesso do blog. Paradoxal não? mas faz sentido.
    Para ter mais visitas e trazer números ao meu blog eu possei alguns dias investindo em um rede de relacionamentos no diHITT, mas o que eu percebi enquanto tentava fazer isso era que muitos estavam interessados somente nos números em uma busca desenfreada e sem foco por seguidores. De fato o diHITT estava engordando minhas estatísticas um pouco, mas dava para perceber que a maioria não se interessava exatamente pelo assunto que eu escrevo, eram “likes sem sentimento…”, casuais.
    Foi então que eu aceitei o fato de que eu gosto de escrever, e ficaria infeliz escrevendo somente para ganhar audiência, ou números. Talvez, tenha entendido isso cedo, ou não, mas o que eu penso agora, é que eu devo escrever conteúdo de verdade, pesquisar sobre as coisas que eu gosto e escrever sobre elas. De “conteúdo sem conteúdo” a internet está abarrotada. E como está no texto, parar de me preocupar com as estatísticas.
    Eu tenho hoje a convicção de que não importa se eu escrevo só um único texto por semana, contanto que ele seja bom e que adicione realmente algo para a vida de quem o ler.
    Espero manter minha motivação nessa linha de pensamento.

    Parabéns por esse e pelos demais artigos, estão me ajudando bastante.
    []’s

    Responder

  8. Sempre começo um blog, me animo, deixo-o bem bonito e depois de pouco tempo, percebo que estou escrevendo para as paredes, enfeitando-o para as paredes. Ninguém gosta de ler. Antigamente eu gostava de escrever e namorava meus textos. Quase terminei o curso de letras. Quando vi que as pessoas não estão nem aí para o que a gente escreve ou pensa, desanimei completamente. É como jogar pérolas aos porcos. Além do mais, um blog não passa credibilidade por ser gratuito. Imagine alguém que vende calçados, criar um blog ao invés de um site, para anunciar seus produtos.

    Também não acredito em coisas gratuitas; ninguém dá nada de graça. Por causa disso, tenho um domínio e um site. Desisti de escrever e prefiro os desenhos. Minhas pérolas, guardo-as para mim.

    E não gosto de sites sociais. Não é fácil fazer amigos e é até perigoso. Há alguns dias, criei um blog, entrei no Google + (talvez conseguisse alguns amigos e visitas para meu blog). Não suportei por uma semana inteira: o gelo era total. Deletei o blog, cancelei minha conta no Google e decidi ir à luta sozinha.

    Adoro meu site, pois ele é meu e faço nele o que eu gosto, sem depender de comentários e visitas que são raras. É simplesmente um hobbie que tenho, um prazer de desenhar e brincar com os pixels.

    Eu lhe agradeço por várias dicas que me serviram muito com relação a blogs. Um abraço.

    Responder

  9. Eu simplesmente amo demais meu blog, apesar de ter iniciado super do zero e sozinha apenas com tutoriais mundo a fora na internet, vejo que fiz um bom trabalho.
    Mas, pequei em algo: o nome do blog. Realmente quero mudar o endereço dele. Já estou arregaçando as mangas para isso, o ruim é que vou mexer nos mecanismos de busca, mas definitivamente preciso fazer isso, além do mais, estou super no início de tudo, tenho poucos seguidores, acredito que se tiver que fazer, preciso fazer já.
    Bjs, ótimo post.

    Responder

    • Ah… mudanças de endereço do blog não podem esperar. Se você sente que precisa de algo melhor do que o atual, então faça.
      Existem métodos de fazer o redirecionamento 301 para evitar perdas e apontar o endereço antigo para o novo.

      Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.