Quanto custa ser Blogueiro? É GRÁTIS mesmo?

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+

É possível criar um blog grátis em centenas de lugares na Internet para publicar suas coisas. Mas esse mantra de que ter um blog é algo simples, fácil e sem custo, não é tão preciso e certo. Existem alguns custos para quem quer ser um blogueiro minimamente profissional e sério.

Quer ser um(a) Blogueiro(a) de Elite? Acesse AGORA: http://blogueiro.pro

Gravei um vídeo sobre o assunto e recomendo que você assista ele como complemento para esse artigo:

Antes que você reclame nos comentários, eu seu que para criar um blog é grátis. Mas não estou falando só do ato de ir até uma plataforma como o Blogger, Tumblr ou WordPress.COM e configurar um blog qualquer. Realmente isso é gratuito. É preciso pensar além do óbvio e estamos falando aqui de “ser blogueiro”, que é bem mais do que “ter um blog”.

Quanto custa um Blog?

Não dá pra tratar aqui de custos que são diluídos em outras atividades de nossa vida, mas isso não significa que esses custos não existam. Só que vão variar muito e acabam ficando difíceis de determinar. São coisas como:

  • Custo da Internet em sua casa;
  • O computador que você vai usar (ou tablet, celular…);
  • Energia elétrica…

O melhor é pensar algo que é comum a todos os blogueiros e que vai impactar diretamente para qualquer um que for manter um blog com objetivos mais profissionais.

Blogueiro trabalhando no notebook

Determinar os custos de seu blog tem impacto direto no projeto, se você quer ganhar dinheiro com Blog em algum momento, dentre outros planos a médio e longo prazo. Muita gente acaba desistindo de seus blogs por não ter determinado esses custos e nem percebem que isso teve peso significativo na incapacidade de manter o Blog.

  1. Registrar Domínio:
    Mesmo que seja um custo baixo, seu blog precisa ter um domínio próprio. Até para quem vai criar no Blogger, o domínio é uma forma de garantir um mínimo de controle sobre seu projeto. Assim você pode levar seu blog para qualquer lugar sem depender do subdomínio gratuito da plataforma.
    Também é bom não registrar apenas um domínio, mas todos quantos for possível relacionados ao nome do Blog.
  2. Serviço de Hospedagem:
    É altamente recomendado criar um blog com WordPress.ORG e isso vai demandar um Host. Os preços são os mais variados para serviços compartilhados (os mais baratos), mas isso vai depender da demanda do seu projeto. Todos começam com Hospedagem compartilhadas, mas se o Blog crescer o custo vai crescer junto, quando precisar migrar para um Host do tipo VPS ou Dedicado.
  3. Layout mais profissional:
    Não estou dizendo que os layouts gratuitos são ruins, mas há um risco e é difícil achar bons modelos em meio a tantos gratuitos que existem. O melhor é não arriscar e, se for possível, contratar um profissional que desenvolva algo exclusivo para seu blog. Se isso for muito caro para você quando estiver começando, pode tentar os Layouts Premium, bem mais em conta e que podem dar um ar mais organizado ao Blog.
  4. Quanto custa sua hora de trabalho:
    Sim, isso também deve ser levado em consideração. Você vai dedicar muito tempo ao blog e o seu preço tem que entrar na equação, principalmente para quem vai se dedicar para ter uma renda extra. Seu trabalho como blogueiro tem que pagar suas horas na frente do computador de um jeito ou de outro. Então aprenda como calcular o preço de sua hora trabalhada.

Basicamente podemos definir os custos de um blogueiro nesses quatro pontos fundamentais. Existem outros fatores que influenciam o valor final, mas isso é comum a todos. Tenha isso em mente na hora de montar seu projeto.

6 Comentários

  1. Quando descobri o “universo dos Blog” (Blogosfera) fiz bastante coisa errada. Pensava que era só escolher um nome legal e configurar o Blogger. O resultado é que perdi muito tempo nisso.
    Vi que para ter o que queria (ganhar dinheiro com blog), eu precisava ser mais profissional; ou seja, encarar a minha ideia de ter um Blog como um negócio.
    Penei para aceitar a ideia de fazer investimento, mas hoje enxergo tudo de forma diferente. SE É NEGÓCIO, DEVE HAVER INVESTIMENTO.

    Muito obrigado pelas dicas nesse Blog, e parabéns pelo artigo!

    Responder

  2. É possível começar com algo totalmente gratuito e se ver que está dando resultado(gerando renda) aí sim fazer os investimentos em domínio e hospedagem?

    Responder

    • William,
      É uma forma de começar e descobrir seu potencial como blogueiro. O melhor é já começar com um projeto completo. E como disse no vídeo e no artigo, criar o blog, montar o blog é grátis, mas vai tomar seu tempo e isso tem um custo. Por isso é bom analisar isso também.

      Responder

  3. Olá Marcos. Gosto muito de escrever e, particularmente opinar sobre o que acontece no Brasil e no mundo.´, e mais particularmente ainda sobre política. Pensei em ter um blog onde eu pudesse colocar minhas opiniões e interagir com outras pessoas nesse sentido. Gostaria de conhecer suas considerações a esse respeito. Obrigado.

    Responder

  4. Ser blogueiro é uma profissão e um negócio. E como todo negócio precisa de investimento. Muitos querem ter um blog e faturar com ele mas não querem investir e se não investir no negócio não tem como dar certo.

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.