Ter posts copiados/plagiados pode ser bom?

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+

Esse é um artigo de resposta ao que foi publicado e defendido por um outro blogueiro que citarei abaixo. Ele defende que não é tão ruim ser plagiado/copiado por outros e isso tem algumas vantagens. Eu defendo o contrário e não aceito essa idéia de que é vantajoso ter conteúdo duplicado ou que não é tão ruim. Vou mostrar o prejuízo que é ser plagiado/duplicado por outros blogs.

Quer ser um(a) Blogueiro(a) de Elite? Acesse AGORA: http://blogueiro.pro

Já tratei aqui várias vezes sobre minha opinião quanto a plágio e conteúdo duplicado e todos os meus argumentos podem ser lidos e entendidos aqui. Por favor, leia tudo com atenção:

Então o Custódio do “Blog do Dinheiro (Dinheiro Oportunidade)“, escreveu defendendo que não é de todo mal ser plagiado ou ter um conteúdo duplicado por terceiros e elencou três “vantagens” disso.

Aí apareceu o Bauru do “Blog do Bauru“, refutou os argumentos do Custódio de uma forma descontraída, mas muito séria e que recomendo ler, já que concordo com tudo o que foi dito lá:

Dito isso, vamos aos meus argumentos.

Tenho a impressão, lendo o artigo do Custódio que ele conhece pouco de SEO (Search Engine Optimization) e que não prestou muita atenção nas regras de uso dos principais serviços de afliados (monetização). Também não está muito atento aos dados estatísticos de seu blog. Veja por quê e evite cometer os mesmos enganos ou se deixar levar por idéias absurdas como as que ele defende.

Em destaque a opinião dele e logo abaixo meus argumentos contrários:

Links para o nosso blog – Um dos aspectos mais positivos são os links que estes blogs criam para o nosso site.  Esse links acabam por ter efeitos positivos em termos de SEO, e ajudam a melhorar a nossa indexação nos motores de busca(…).

Isso não é verdade:

  • São raros os que linkam ou que não retiram os links originais. Mesmo os que mantém os links para o blog origonal, ser linkado por eles é um prejuízo do ponto de vista de SEO, já que são blogs de baixa qualidade, muitas vezes punidos, com conteúdo proibido pelos serviços de hospedagem e que infringem leis de direitos autorais. Esse tipo de linkagem prejudica a sua indexação e até piora seu PageRank. Basta ler as diretrizes da Google para perceber que ser mal linkado não ajuda. Sem esquecer que hoje em dia quantidade de links não é tão mais importante.

Links de afiliados – Muitas das vezes quem copia os nossos posts também copia os links no texto.  (…) alguns são deep links para os posts, mas outros são links de afiliados.  Assim sendo, e se por uma obra do acaso qualquer o site que nos copiou receber visitas, pode até acontecer que dê para ganharmos algum dinheiro.

Esse é o pior cenário:

  • Esse é o pior exemplo que ele deu. Ter seu link de afiliado numa página que plagiou seu conteúdo infringe as regras de uso de praticamente todos os serviços de monetização e vai gerar clique/vendas inválidas. Especialmente se esses links estiverem em blogs de conteúdo proibido pelos serviços. Com isso você acaba perdendo seu cadastro e ganhos acumulados por uma infração que outro cometeu. Os programas afiliados como o AdSense restringem o tipo de conteúdo e avaliam o local onde os links estão alocados para validar os cliques.

Mais visitas – Para além dos benefícios que já listei, podemos ainda receber visitas grátis dos sites que estão a linkar para nós.

Uma grande ilusão que engana muita gente:

  • A taxa de conversão de links em artigos plagiados é ZERO. Olhe para seus dados no Google Analytics e diga sinceramente quantas visitas você recebe de sites que estão plagiando seu conteúdo? ZERO.
    Se já leram o seu artigo em outro lugar, por quê visitariam seu blog e encontrar a mesma coisa?
    E mesmo que direcione alguma visita, são visitas de baixa qualidade que não convertem, pioram a sua taxa de rejeição, não assinam Feed/Newsletter, nem comentam. Infelizmente os fatos mostram justamente o contrário do que ele defende naquele artigo. Nunca recebi uma visita de links meus em artigos plagiados. Na verdade isso só faz perder visitas. Basta ler o que escrevi em “Copiar conteúdo de outros blogs é divulgação?“.

Não se deixe enganar por questões falsar como essa. Não sei há quanto tempo o Custódio é blogueiro, mas o que pude perceber é que falta alguma experiência para ele sobre alguns temas. O plágio, conteúdo duplicado, roubo de pauta, tudo isso só prejudica a blogosfera e afeta diretamente o retorno para seu blog e seus parceiros.

26 Comentários

  1. Antes de mais nada, parabéns pelo novo layout, ficou melhor de ler =D

    Se vc faz um texto inovador e bem escrito, quando alguém o copia este texto não é mais considerado como relevante em orginilidade e qualidade pelo Google, aí é visto com mesmice, isto é o que mais me irrita num plágio.

    É como vc disse no texto do conteúdo duplicado…

    Responder

  2. Marcos, realmente é um problema. No caso dos blogs, nunca olhei muito para o aspecto prejuízo financeiro, pois é uma questão que passava longe de mim e do meu propósito. De uns tempos pra cá, no entanto, comecei a me preocupar com isso. Não por ter o meu conteúdo sendo copiado, mas por estar mais próximo de pessoas que são copiadas e que têm prejuízo. É trágico, meu caro, é trágico.

    Responder

  3. @Eldon,

    Nunca um plágio é bom, nem citando a fonte de forma "educada". Sempre terá prejuízo quem é plagiado.
    Leia com atenção os artigos que citei e vc verá o mal que causam os plagiadores.

    Responder

  4. Esse é um assunto muito interessante
    Acho que quando um post é completamente plagiado e ainda por cima não se dá os créditos , aí sim é ruim .

    Tive um artigo meu publicado por um site de grande publico , isso só me gerou beneficios , ganhei visitas de qualidade e o tempo médio no meu site aumentou consideravelmente , não tratei como um plagio , até porque eu autorizei o site a linkar os meus artigos .

    Responder

  5. Lemos,

    Quando um outro blogueiro usa um artigo de algum blogue como inspiração para escrever também e cria um link para o blog inspirador é considerado plágio? Isso é uma dúvida que sempre me acontece, já que vejo muito isso na blogosfera.

    Onde está a linha que divide inspiração e plágio?

    Responder

  6. Marcos
    O Custódio é blogueiro há mais de cinco anos. E é o blogueiro português que mais sabe de monetarização e SEO.
    Pessoalmente, eu quero que as minhas ideias cheguem ao maior número possível de pessoas. Não quero ganhar dinheiro. Quero influência. Por isso, gosto até quando se apropriam dos meus conteúdos. Concordo com o Custódio. Não entendo a sua obsessão com o plágio. É feio mas eu não perco um minuto com isso.

    Responder

  7. @Pedro,

    Esse artigo que vc acabou de ler serve bem de exemplo de qual é a linha que divide. Eu usei dois artigos como inspiração, cite e até usei pequenos (note bem, pequenos) trechos para ilustrar meus argumentos e aprofundei o assunto.

    .

    @Ramiro,
    Eu conheço o trabalho do Custódio e só o fato dele ser blogueiro a tanto tempo não o exime de estar errado ou me priva de discordar dele. Ele apresentou argumentos que eu discordo e apresentei minha opinião refutando o que ele disse.
    E, desculpa discordar de você, mas ele não é o que mais entende de monetização. Tem o Paulo Faustino (www.escoladinheiro.com) que entende muito mais que ele e tb é português.

    Eu só estou defendendo o meu direito de não ser plagiado e roubado em meu trabalho.

    Responder

  8. Assunto muito polêmico Marcos!
    Já vi surgirem outros 3 posts (incluindo este) com base nas palavras do Custódio!
    Se permite dar minha opinião, me posiciono contra qualquer tipo de plágio, já que é crime. Porém realmente não perco meu tempo com isso.
    Para ser sincero também nunca havia pensado em possíveis benefícios, apenas não me preocupo.
    Concordo com você, até como disse no comentário acima de defender o seu direito a não ser plagiado, afinal é um crime!! E acredito também que culturalmente as coisas em Portugal possam ser um pouco diferentes, o que até é aceitável.
    Porém defendo que para acabar com episódios como o da Juliana Sardinha seria necessário algum movimento mais global da blogosfera, alguma campanha ou regras de boa conduta a serem seguidas em um resultado mais amplo.
    Acho que blogueiros influentes como você poderiam dar este start, sendo que me desculpe mas realmente é difícil dar uma sugestão por onde começar, mas realmente algo precisa ser feito.
    Escrevi um post no meu blog também relacionado ao tema, indicando um plug-in para ao menos dificultar a ação dos plagiadores.
    Se puder colocar aqui:
    http://profissionalblogger.com/como-acabar-com-o-plagio-wp-copy-protector/

    Ah! Parabéns pelo post =)
    Abraços!

    Responder

  9. Boas,

    Vou copiar para aqui a minha resposta ao teu comentário no meu blog. Acho que diz tudo:

    "Acho que conseguiste manipular tudo que eu disse a teu favor e depois ainda te contradizes.

    Ora vejamos:

    Links para o nosso blog – Dizes que são raros, eu então estou sempre a receber os trackbacks dos links e de posts que são copiados. O único site que o Copyscape mostra que copia os meus posts (mas há outros) mantém todos os links intactos, incluindo links de afiliados (http://merda.minimos.info/2010/02/post-do-dinheirooportunidadecom-o-blog_25.html). Como aquele site até tem um PageRank 1, eu agradeço o link 😉 Mais, e isto de acordo com a entrevista que o Pedro Dias deu aqui para o blog, mesmo que o site em questão tivesse banido do Google, este pode passar PageRank. Mais, num vídeo que ainda na semana passada partilhei (via Pedro Dias) o próprio Matt Cutts disse que links, para o nosso site, e que nós não podemos controlar, mesmo que sendo de sites do pior não prejudicam a nossa indexação. O que faz todo o sentido, senão qualquer pessoa nos prejudicava linkando para nós de sites “negativos”.

    Links de afiliados – Eu já ando nisto há 6 anos e nunca fui banido de nenhum programa de afiliados e participo em muitos. Portanto não é por ai. Mas de qualquer forma no post eu disse: “se por uma obra do acaso qualquer o site que nos copiou receber visitas”. Portanto admito que é raro estes links e posts receberem visitas, muito menos cliques.

    Receber visitas – Agora a tua contradição. No ponto anterior, achaste que os cliques nos links de afiliados nos podem banir do programa, mas neste ponto já dizes que ninguém clica nos links. Em que ficamos? As pessoas clicam ou não nos links?

    Sinceramente, se quiseres andar a procurar e a correr atrás de todos os que copiam o teu conteúdo, então vais perder muito tempo que podia ser muito mais bem empregue noutros coisas mais produtivas… just my two cents…

    PS. Olhando aqui rapidamente para o Analytics eu devia ter recebido entre 200 a 500 visitas de sites que copiam o meu conteúdo nos últimos 30 dias…"

    Responder

  10. @Marcos Lemos

    Depois de ler os seus comentários sobre como plágio é mau, achei duma ironia extrema você dar como exemplo um blogueiro que todos sabem copiar posts de blogs em Inglês e publicar no seu blog como sendo conteúdo original seu. Por vezes cópias literais de posts. Sinceramente isso sim é MUITO GRAVE, só pelo facto que engana pessoas como você….

    Responder

  11. @Custodio,

    Antes, vou aproveitar seus últimos comentários como exemplo de como prezo pelo direito de resposta e disponibilizo meu espaço para o debate sério e comprometido, mesmo quando contrários à minha opinião.

    Vou começar pelo seu comentário e acusação(?) ao Faustino: Eu não tenho como controlar o que outros publicam e realmente admiro o que ele faz. Se vc tem provas de que ele copia conteúdo de outros, acho melhor vc falar isso diretamente a ele.

    Bom, e sobre seu comentário anterior, eu já o havia lido como resposta ao comentário que deixei em seu artigo e respeito seu ponto de vista. Meus argumentos todos sobre o assunto estão aqui dispostos e em outros artigos sobre o mesmo tema.

    Não aceito o plágio por ser considerado crime até em leis (acordos) internacionais. E meus argumentos giram em torno do meu direito de proteger meu trabalho.

    Responder

  12. Se eu não me preocupo que copiem os meus posts não vou certamente preocupar-me com posts copiados do Problogger ou de outro blog qualquer.

    Estou apenas a salientar que é engraçado você dar como (bom) exemplo alguém que faz aquilo que você aqui está a criticar tão fortemente (cito: Não aceito o plágio por ser considerado crime até em leis (acordos) internacionais).

    Eu pessoalmente não me importo nada 🙂

    Responder

  13. Publicar um artigo igual ao de um outro blog, sem permissão e mesmo que tendo o link é sim considerado plágio! Passa não ser quando é dada a concessão.

    Tem muita gente que pensa que blogs estão fora do campo da lei, mas estão enganados. É o mesmo caso da Microsoft que usava um código de uma outra empresa em um programa. Eles ganhavam dinheiro com isso! Essa empresa (pequena) processou a Microsoft.

    Essa empresa não deveria se preocupar com isso mesmo tendo a sua ideia sendo utilizada para fins lucrativos sem permissão?

    Qualquer blog que faz plágio possui um bloco de Adsense no mínimo. Na minha opinião o plágio deve ser denunciado sim.

    Marco Damaceno

    Responder

  14. Marcos
    Obrigado pela tua resposta. Tenho o teu blog no meu blog roll e acho que és um dos melhores blogueiros do Brasil na área dos metablogs. Mas considero que te preocupas demais com o plágio. Quando citam teu trabalho devias ficar feliz. Quem cita o teu trabalho e indica a fonte é porque te aprecia.

    Responder

  15. Caro Marcos, antes de mais obrigado pela citação nos comentários. Quanto ao artigo, considero que existem diferentes formas de analisar o plágio, sendo que consigo compreender tanto a sua como a do Custódio. Embora ache que é fácil escrever um artigo a enumerar 3 vantagens no que concerne a plágio, a verdade é que existem outras tantas desvantagens. Eu próprio sou plagiado MUITO regularmente e com conteúdos na íntegra, e muito sinceramente tem dias que me preocupo e tem dias que tou mais preocupado em produzir conteúdos de qualidade. Por isso mesmo, considero que ambas as visões estão correctas e são perfeitamente normais. Plágio na íntegra é de facto crime, punível por lei. No entanto, plágio com citação de fonte já é algo diferente. Não considero sequer plágio aqueles que têm permissão para copiar conteúdo.

    Relativamente aos comentários sobre o meu trabalho, refuto-os e deixo-os ao critério de cada um. A minha postura enquanto blogueiro não inclui respostas a comentários abusivos, muito menos de colegas de profissão, até porque sempre fui aberto e receptivo a críticas, quando dirigidas a mim num contacto pessoal. Esse tipo de postura só serve a quem tem necessidade.

    Nunca ninguém leu um comentário meu depreciativo em relação a um colega, em lado algum, pois isso não reflecte a minha personalidade. Embora também tenha esse direito.

    Abraço
    Paulo Faustino

    Responder

  16. Como meu comentário anterior não foi aceito, acredito que seja por causa dos links, mesmo que, acredito, fossem necessários para a melhor compreensão da minha questão, vou reformulá-la.

    O que dizer de sites como o GameBlogs, no qual sites e blogs sobre um tema comum (games) se cadastram e tem uma parte de todos os seus artigos divulgados? Foi muito importante para a divulgação do meu blog, mesmo usando meus textos.

    E acho que quando outra pessoa usa um texto seu com permissão, link para a fonte, etc. não há problema algum. O problema maior é quando utilizam um texto seu como se tivesse sido escrito por eles, aí sim é mal caratismo. No meu blog eu uso o sistema de "recomendação", ou seja, faço uma introdução, um prólogo, um comentário sobre um texto e coloco um link para o artigo em questão. Todos os meus textos são escritos por mim, e os que tem a fonte no final não foram copiados, a fonte apenas indica onde vi a informação.

    Icaro94.

    Responder

  17. Eu estou com o Paulo, uns dias preocupo-me e outros nao. Na realidade, vou descobrindo as cópias aos meus textos por visitas aos meus sites, porque sou curioso e vejo quem me envia visitas.
    Se tiveres um site de artigos grátis e houver contrapartidas (pagamento, partilha adsense, etc) ficarias impressionado com a quantidade de copy/paste. Eu recebo até texto da Wikipedia com os link todinhos. É infeliz.
    Quanto aos links de afiliados, acho que pessoas como o custodio geram boas quantidades de receitas e não vai 1 conversão eventual no meio de centenas que vai dar em cancelamento da conta.

    Responder

  18. Boas…
    Que grande palaçada que aqui não vai….
    Tanta discussão sobre plágio mas na verdade alguém que fala sobre este tema inventou alguma coisa ou não é uma simples agregação de conhecimentos descarregado ao sabor da capacidade de cada um…
    Vamos nos focar no que interessa, na qualidade, na dedicação, na partilha, na utilidade e ajuda…
    É isso que os leitores que procuram os blog anseiam…
    Já agora um exemplo é falar em SEO, de uma forma ou de outra todos os artigos são iguais, ou muda os paragrafos, ou num blog uns começam por um lado outros começam por outro, mas expremendo é tudo a mesma coisa…
    Não sei onde a originalidade possa existir…
    O que o colega Paulo Faustino escreve e bem, é o seu conhecimento, dedicação e organização, de igual modo, o colega Custódio, também partilha sua experiencia com qualidade…
    SE OS ARTIGOS SÃO ORIGINAIS OU NÃO… O QUE É QUE INTERESSA ISSO… DONDE SAIU A ARTIGO TAMBÉM NÃO É NADA DE NOVO…

    Responder

  19. Olá Marcos!
    Me lembrei que no seu perfil você é formado em teologia e digo fica em paz,não esquente muito sua cabeça com plagio seu blog quando pesquisamos algo nos buscadores referente a personalizar o blogger é um dos primeiros a aparecer.
    Quando você acha algum artigo plagiado se tome isto como incentivo e continue com seu excelente trabalho,pois o que vem fácil vai fácil.
    Abraço!

    Responder

  20. Eu não vou me aprofundar muito no assunto mais gostaria de deixar bem claro aqui que eu não sou a favor do plagio;

    Mais por favor me diga você blogueiro que trabalha com dicas você não realiza pesquisas para fazer suas postagens não?

    E com relação a divulga link isso funciona pelo simples fato deque antes de posta você tem que ter a informação a final você não pode esta em todos os lugares ao mesmo tempo mais não e por isso que você vai simplesmente copiar o conteúdo ou informação do outro blog e colocar no seu e no fim da postagem citar o site onde você encontro como fonte.

    Bem ao meu ver isso deve acontecer da seguinte forma:

    Você vê o conteúdo postado em um blog re-escreve o mesmo com as suas características e em seguida posta citado o site como fonte no fim claro – com isso você não vai esta desvalorizando o seu site – uma vez que o seu conteúdo apesar de ser o mesmo e diferente do outro blog!

    De o seu conto de vista – Não copie o dos outros e cole na sua pagina seja Original e Relevante! – kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    By Ojuara

    Responder

  21. Plágio além de crime é uma droga, e, acaba se voltando contra quem copia. Além do que, copiar só faz de quem copia uma pessoa mais burra! Citar e adicionar algo novo, isso é que é legal. É triste ver tanta gente na net que não usa o cerébro…. Parabéns pelo blog, convido vc. a conhecer meu Memories2.

    Responder

  22. Marcos, adorei esta postagem.
    Mas eu só tenho uma pequena dúvida. Se algum indivíduo copiar parte do meu conteúdo para complementar o post dele e colocar o meu link ao lado da parte do conteúdo que foi copiado, isso me prejudicaria?

    Responder

  23. @Guilherme Vital,
    Nesse caso q vc cita não há problema, desde que seja uma citação de um pequeno trecho q a outra pessoa usa para ilustrar e complementar um outro artigo.
    Mas é claro que ela tem que citar a fonte e dar destaque diferente ao trecho e deixar claro de onde tirou aquilo.

    Responder

  24. Pingback: Como acabar com o Plágio? WP copy-protector | NegocioSeo

  25. Nossa, isto me esclareceu muito as idéias. Confeço que muitas vezes pensei que fosse ser fácil criar e cuidar de um blog, mas aprendi que é um trabalho tão árduo como qualquer outro. Por exemplo, são 3:28 da madrugada, e eu ainda estudando sobre como melhorar meu blog. Mas vamos correr e arregaçar as mangas, nosso trabalho é melhor quando é reconhecido por nossos próprios esforços.
    Obrigado pelas maravilhosas dicas.

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.